Scania marcou presença no 1º encontro nacional de sustentabilidade em mobilidade e logística

Pioneira no desenvolvimento de motores movidos a combustível alternativo, fabricante sueca abordou oportunidades e desafios do setor para transição a um sistema de transporte sustentável

0
123

A Scania, um a das empresas de maior destaque em termos desoluções de transporte sustentável, marcou presença no I Encontro Nacional de Sustentabilidade em Mobilidade e Logística, que aconteceu no dia 16 de outubro, no Centro de Convenções da Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), na região central da capital carioca.

 

O evento trouxe grandes nomes do mercado de mobilidade e logística para discutir a sustentabilidade em diversos processos, e estava dividido no II Workshop de Sustentabilidade em Mobilidade e Logística, e o I Simpósio de Infraestrutura para Sustentabilidade do Transporte de Carga no Brasil.

 

A fabricante sueca participou do painel “Perspectivas do setor quanto a infraestrutura para fontes alternativas de energia”, com o executivo Daniel Ribeiro, responsável pela Regulamentação de Veículos da Scania Latin America, falando sobre fontes alternativas de energia para veículos pesados e do pioneirismo e da experiência da companhia com combustíveis alternativos.

 

Para Ribeiro, foi uma ótima oportunidade de todo o setor se juntar para discutir como se dará a sustentabilidade nos mercado de mobilidade e logística. “É um simpósio importante, com a participação de grandes marcas que são fundamentais para a solução do problema em relação à sustentabilidade no setor e para encontrarmos formas mais eficientes de oferecer soluções”, explica. “A Scania tem um grande trabalho em relação a novas fontes de energia, tanto para caminhões quanto para ônibus”, comentou.

 

“Alinhados às principais regulamentações e tendências nacionais e internacionais no que diz respeito à emissão de gases poluentes, já estamos trabalhando em tecnologias que possibilitem a utilização de biogás nos veículos, que devem estar rodando no Brasil já em 2019. É uma alternativa economicamente viável e menos poluente – o índice de emissão de gases nocivos à atmosfera é até 90% menor em comparação ao diesel.”, diz Ribeiro. “Inclusive, a plataforma da nova geração e caminhões Scania lançada este ano na América Latina, já está preparada para a produção futura de híbridos e elétricos, o que complementa nossa jornada para sustentabilidade do sistema de transporte”, finaliza Ribeiro