Nova geração de tecidos de carbono multiaxiais

0
1357

A Chomarat mostra sua estratégia de inovação com a divulgação do Advanced Manufacturing Research Centre (AMRC) na University of Sheffield (UK), e com o patrocíno do projeto NCF HP2, direcionado aos tecidos de carbono multiaxiais de alta performance e excelente rendimento.

Como primeiro fabricante de tecidos a se juntar ao AMRC, a Chomarat está desenvolvendo as tecnologias e processos do futuro para auxiliar a indústria de composites a se tornar mais competitiva frente às soluções metálicas. “Agora que os composites mostraram sua performance técnica, também precisamos demonstrar suas relevâncias técnica e econômica. A união com o AMRC nos dá a oportunidade de divulgar nossa visão, e também de trabalhar com importantes players como Boeing, Rolls-Royce e Airbus, no desenvolvimento de tecnologias do futuro”, disse o diretor geral da Chomarat, Michel Cognet. Desta forma, a empresa implementa sua estratégia de inovação em setores altamente imprescindíveis como o automotivo e aeroespacial. Com estes reforços, avança-se no desafio dos composites compatíveis com taxas de alta produção.

A Chomarat se uniu à Solvay, Mécanium e Universidade de Nantes no projeto NCF HP², para o desenvolvimento da nova geração de tecidos multiaxiais de carbono, junto com processos têxteis associados para a produção de peças automotivas em composites termofixos para as indústrias aeroespacial e automotiva.

A Chomarat está patrocinando o projeto, que tem um orçamento de 4 milhões de euros e obteve selo de aprovação dos clusters Techtera, Axelera e Viameca. “Estamos embarcando em uma aventura de 42 meses com nossos parceiros. É uma parte de nossa estratégia de inovação. As soluções desenvolvidas oferecerão respostas em termos de propriedades mecânicas, diminuição de peso e custo-benefício, que são critérios prioritários nos setores aeroespacial e automotivo”, concluiu Philippe Sanial, diretor de pesquisa e tecnologia da Chomarat.