ZF e Polyhedron Automotive fazem parte do Conselho Consultivo de Compradores da Feira da Mecânica 2016, que acontece de 17 a 21 de maio, no Pavilhão do Anhembi

Importantes empresas ligadas ao setor automotivo fazem parte do Conselho Consultivo de Compradores da Feira Internacional da Mecânica 2016. Entre elas estão a ZF e a Polyhedron Automotive. Ao criar um grupo de compradores/visitantes que auxilia na sugestão de atrações e chances de negócio, a organizadora da feira, Reed Exhibitions Alcantara Machado, espera aumentar o grau de investimento no mercado de bens de capital em toda a América Latina. A expectativa é que 90 mil visitantes compareçam ao evento.

Chegando à sua 31ª edição, a Feira da Mecânica é a maior e mais tradicional feira do setor industrial em toda a América Latina, com tradição em fechamento de negócios em condições especiais e na definição do que há de mais moderno para o parque industrial brasileiro.

Representante da ZF, Edmundo Silva, gerente de Engenharia Industrial comenta que “o Conselho Consultivo é uma peça fundamental para a organização do evento, pois podemos fornecer informações a respeito das necessidades atuais do mercado em que estamos inseridos. Com base nos dados, as empresas expositoras podem direcionar suas ofertas de produtos e serviços de acordo com as demandas mais relevantes”. Para o engenheiro, estar presente na Mecânica é uma oportunidade de conhecer novas tecnologias e futuras tendências que podem ser adotadas nos processos da empresa e, consequentemente, otimizar processos e reduzir custos.

Há mais de 100 anos no mercado, a ZF está entre os três maiores fornecedores da indústria automotiva do mundo, com 230 unidades produtivas em 40 países. É uma empresa líder mundial em tecnologias de driveline para veículos, chassis e segurança ativa e passiva, incluindo sistemas avançados de condução autônoma.

“Procuramos, dentro da feira, máquinas voltadas para a automação de produtos e tecnologias de maior interesse para o setor de autopeças. Atualmente, a indústria brasileira está defasada. Isso é um problema para a competitividade e sobrevivência de empresas que atuam no país. Vivemos a era da indústria do futuro, que gira em torno da conectividade entre setores, máquinas e pessoas. A Indústria 4.0 já é uma realidade e precisamos nos adequar a ela. Por isso, eventos como a Mecânica são tão importantes para o setor, pois reúnem fornecedores de tecnologias que suportam essas necessidades, e que oferecem produtos voltados à tendência de automação industrial”, conclui Edmundo. A Feira da Mecânica 2016 aborda esses temas com atrações inéditas como a Área de Inovação e o Fórum Mecânica Indústria 4.0.

“A Mecânica já faz parte do calendário da Polyhedron. Visitamos com dois objetivos: conhecer novas tecnologias, principalmente na área de Metrologia, e investir em equipamentos na feira, onde conseguimos melhores preços e condições de pagamento”, explica Juliano Ferraioli, diretor geral da empresa. A Polyhedron Automotive é uma empresa com mais de nove anos na área de Metrologia Industrial e Construção de Dispositivos de Controle, Solda e Acolhedores. Atua com os mais diversos setores industriais, tais como Automotivo, Aeroespacial, Linha Branca, Óleo e Gás, entre outros.

Para ele, o segmento automotivo é baseado na qualidade, pois a complexidade da construção de um automóvel exige um alto padrão nas peças que formam o produto final. “Uma carroceria de um carro básico contém mais de 300 peças estampadas soldadas em conjuntos, e cada peça é fornecida por um fornecedor diferente. Imagine se cada fornecedor enviar sua peça sem um padrão definido? Não conseguiríamos montar a carroceria, pois haveria diversos conflitos entre as peças que impediriam a montagem”. Em consonância com as necessidades do mercado, a Feira também organiza paralelamente o Espaço ABScoordenado pela Associação Brasileira de Soldagem, com as últimas tecnologias desse segmento vital à indústria de qualidade.

A empresa visita a feira procurando por softwares para auxiliar o projeto de ferramentas e moldes, centros de usinagem e outras máquinas para a construção dos mesmos, além de prensas e injetoras para a produção de peças. “A Feira da Mecânica já é um marco. Muitas empresas aguardam o ano inteiro para fechar negócios no evento, pois conseguem grandes descontos nas negociações. Nós, dentro do Conselho Consultivo, podemos melhorar ainda mais o fechamento de negócios, pois através dele a organizadora sabe como melhorar o evento, através da opinião de quem está ‘do outro lado do balcão’”.

A entrada da feira é gratuita para profissionais do setor, que podem fazer o credenciamento online e imprimir a credencial em casa, antes de chegar ao evento. 

O credenciamento pode ser feito no link: http://www.mecanica.com.br/Credenciamento/Credenciamento-de-Visitantes/

Serviço:
31ª FEIRA INTERNACIONAL DA MECÂNICA
Data: 17 a 21 de maio de 2016
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana – São Paulo – SP – Brasil
http://mecanica.com.br