Syshaus convida público da CasaCor a reimaginar a forma como construímos

0
1247

Uma nova maneira de morar está sendo apresentada na CASACOR, mostra de arquitetura e decoração que acontece em São Paulo de 22 de maio a 29 de julho.  Em um espaço de 200 , a startup SysHaus, expõe como conseguiu reinventar um dos mercados mais tradicionais, criando casas de luxo, que mesclam tecnologia de ponta, soluções de engenharia sustentável e design urbano.

Foram cinco anos de intensa pesquisa para alcançar um sistema construtivo exclusivo, que entrega casas de alto padrão em até 60% de tempo a menos do que em processos tradicionais. Para chegar a esse nível de eficiência a SysHaus inverteu a equação e aposta em mais industrialização e tecnologia e menos construção, sendo uma verdadeira solução de design.

Além do sistema produtivo ágil, a SysHaus é sustentável do início ao fim de seus projetos. Com a tecnologia da marca, a casa chega ao endereço 95% pronta para a montagem, sem gerar resíduos e nem consumir água – abundantemente desperdiçada em obras convencionais.

Nomeada como ecossistêmicas, as casas já são projetadas com sistemas eficientes e matérias-primas 100% recicláveis, e por isso não precisa de adaptações para incluir soluções sustentáveis. Dessa forma, a casa já é entregue com mecanismos de captação e reuso de água da chuva, energia solar por meio de painéis fotovoltaicos e biodigestor, que transforma lixo orgânico em gás para utilização na cozinha e lareira. Ainda é possível optar pela cobertura verde, que contribui naturalmente para o conforto térmico e acústico.

Os projetos da SysHaus, além de contar com eficiência energética que permitem custo zero na conta de energia, também possuem recursos de automação. Fechaduras inteligentes acionadas pelo celular, câmeras conectadas ao dispositivo móvel, sistema de gestão de controle da água, são apenas alguns dos itens que o cliente pode incluir em sua casa.

A eficiência também acontece na aquisição, onde o cliente compra a casa como um produto, customizando, escolhendo opcionais com preços e prazos definidos, portanto sem surpresas negativas, muito frequentes nas construções convencionais. Outro ponto disruptivo do sistema construtivo SysHaus, é que uso de materiais inteligentes permite uma durabilidade acima dos padrões de mercado e todos os projetos contam com garantia de fábrica de 20 anos.

Para agregar design de qualidade à altura da engenharia do produto, a SysHaus convidou o Arthur Casas Design para assinar a primeira linha de casas da marca. A casa em exposição na CASACOR é uma delas.  Nos ambientes estão reunidos móveis, utilitários, acabamentos e até mesmo acessórios, como joias, desenhados por Arthur em parceria com grandes empresas e indústrias nacionais – sendo a maior parte das peças lançamentos.

O arquiteto concebeu os interiores dentro do conceito free standing, isto é, armários e cozinha, que normalmente são fixos, chegam na casa em módulos. Dessa forma, em caso de mudança, é só desmontar e transferir tudo para o novo endereço. A linha de casas assinadas por Arthur e equipe permite variações quanto a acabamentos, revestimentos e layouts, de modo que o cliente pode escolher a de sua preferência. Já, o paisagismo da casa é de Renata Tilli que optou por espécies que se adaptam ao clima de qualquer região.

O produto SysHaus poderá sempre conter todas as tecnologias inovadoras, já disponíveis ou que venham a ser descobertas no futuro, pois seu modelo permite um processo constante de atualização e evolução

Uma nova maneira de morar está sendo apresentada na CASACOR, mostra de arquitetura e decoração que acontece em São Paulo de 22 de maio a 29 de julho.  Em um espaço de 200 , a startup SysHaus, expõe como conseguiu reinventar um dos mercados mais tradicionais, criando casas de luxo, que mesclam tecnologia de ponta, soluções de engenharia sustentável e design urbano.

Foram cinco anos de intensa pesquisa para alcançar um sistema construtivo exclusivo, que entrega casas de alto padrão em até 60% de tempo a menos do que em processos tradicionais. Para chegar a esse nível de eficiência a SysHaus inverteu a equação e aposta em mais industrialização e tecnologia e menos construção, sendo uma verdadeira solução de design.

Além do sistema produtivo ágil, a SysHaus é sustentável do início ao fim de seus projetos. Com a tecnologia da marca, a casa chega ao endereço 95% pronta para a montagem, sem gerar resíduos e nem consumir água – abundantemente desperdiçada em obras convencionais.

Nomeada como ecossistêmicas, as casas já são projetadas com sistemas eficientes e matérias-primas 100% recicláveis, e por isso não precisa de adaptações para incluir soluções sustentáveis. Dessa forma, a casa já é entregue com mecanismos de captação e reuso de água da chuva, energia solar por meio de painéis fotovoltaicos e biodigestor, que transforma lixo orgânico em gás para utilização na cozinha e lareira. Ainda é possível optar pela cobertura verde, que contribui naturalmente para o conforto térmico e acústico.

Os projetos da SysHaus, além de contar com eficiência energética que permitem custo zero na conta de energia, também possuem recursos de automação. Fechaduras inteligentes acionadas pelo celular, câmeras conectadas ao dispositivo móvel, sistema de gestão de controle da água, são apenas alguns dos itens que o cliente pode incluir em sua casa.

A eficiência também acontece na aquisição, onde o cliente compra a casa como um produto, customizando, escolhendo opcionais com preços e prazos definidos, portanto sem surpresas negativas, muito frequentes nas construções convencionais. Outro ponto disruptivo do sistema construtivo SysHaus, é que uso de materiais inteligentes permite uma durabilidade acima dos padrões de mercado e todos os projetos contam com garantia de fábrica de 20 anos.

Para agregar design de qualidade à altura da engenharia do produto, a SysHaus convidou o Arthur Casas Design para assinar a primeira linha de casas da marca. A casa em exposição na CASACOR é uma delas.  Nos ambientes estão reunidos móveis, utilitários, acabamentos e até mesmo acessórios, como joias, desenhados por Arthur em parceria com grandes empresas e indústrias nacionais – sendo a maior parte das peças lançamentos.

O arquiteto concebeu os interiores dentro do conceito free standing, isto é, armários e cozinha, que normalmente são fixos, chegam na casa em módulos. Dessa forma, em caso de mudança, é só desmontar e transferir tudo para o novo endereço. A linha de casas assinadas por Arthur e equipe permite variações quanto a acabamentos, revestimentos e layouts, de modo que o cliente pode escolher a de sua preferência. Já, o paisagismo da casa é de Renata Tilli que optou por espécies que se adaptam ao clima de qualquer região.

O produto SysHaus poderá sempre conter todas as tecnologias inovadoras, já disponíveis ou que venham a ser descobertas no futuro, pois seu modelo permite um processo constante de atualização e evolução