Indra e CODALTEC desenvolvem o primeiro sistema de defesa antiaérea de fabricação latino-americana

Projeto desenvolvido na Colômbia representa um grande passo para o país

0
711

A Indra, empresa global de consultoria e tecnologia, e a Corporação de Alta Tecnologia para a Defesa (CODALTEC) da Colômbia trabalham no desenvolvimento de um avançado sistema de defesa antiaérea para a região. Trata-se da primeira iniciativa desse tipo desenvolvida de maneira integral na América Latina, que deve trazer resultados positivos também para outros países na região.

Para desenvolvê-lo, as empresas trabalham em conjunto no desenvolvimento de sistemas de comando e controle, área tecnológica na qual a Indra é líder global. Esse aparelho deve receber os dados apresentados por diferentes sensores e agrupar essas informações para apresentar uma visão integrada e completa aos comandos militares. Dessa forma, será possível detectar de forma imediata qualquer risco e neutralizá-lo rapidamente.

Mas a solução não deve ficar restrita ao território colombiano. Por ser projetado com alta escalabilidade e flexibilidade, poderá ser facilmente adaptado para necessidades específicas de cada cliente, sendo aplicado tanto para áreas específicas quanto para blindar o espaço aéreo de países inteiros.

O projeto representa um salto qualitativo que contribuirá, junto com as demais iniciativas do Grupo Social e Empresarial da Defesa (GSED), para acelerar ainda mais o aumento de capacidades da indústria de Defesa Colombiana e torná-la uma das principais referências no assunto na região.

Este não é o primeiro projeto que ambas as empresas desenvolvem juntas. Em 2004, Indra e CODALTEC trabalharam em conjunto para oferecer à Força Aérea da Colômbia um radar tático avançado de alta mobilidade denominado TADER (Tactical Air Defense Radar), primeiro radar militar de vigilância aérea desenvolvido na Colômbia, cujo objetivo é detectar aeronaves que voem em baixa altitude.