Evonik investe na startup holandesa In Ovo, apoiando uma solução para um dos maiores problemas éticos da avicultura

0
613
Evonik Industries, In Ovo, Niederlande

A Evonik investiu na startup biotecnológica In Ovo por meio de sua unidade de venture capital e agora detém participação majoritária na empresa, situada em Leiden (Holanda).  A coliderança desse investimento Série A é exercida pelo VisVires New Protein, fundo de capital de risco de Singapura. Em conjunto com a participação da Universidade de Leiden, o financiamento total envolve o investimento de vários milhões de euros.

 

“A In Ovo enfrentou um dos maiores problemas éticos da moderna indústria aviária”, conta Bernhard Mohr, responsável pela área de Venture Capital na Evonik. “Este investimento fortalece a posição da Evonik como parceira preferencial do setor agrícola na medida em que nós podemos prestar suporte na produção ética de proteína animal.

 

Estima-se que cerca de 40 milhões de pintos machos de um dia sejam mortos (descartados) anualmente nas incubadoras de poedeiras só na Alemanha, e o total global é avaliado em 3,2 bilhões dessas aves. A razão disso é que as granjas avícolas não criam os animais machos porque eles não produzem ovos, e nem se desenvolvem de maneira suficiente para a produção de carne.

 

A In Ovo desenvolveu um método para determinar a sexagem dentro do ovo que é particularmente rápida e confiável, e pode ser integrado com facilidade ao fluxo de trabalho de incubadoras de grande porte. A tecnologia está sendo combinada com um sistema para processar o grande número de ovos envolvido na triagem. Nas grandes incubadoras, cerca de 100.000 ovos precisam ser analisados diariamente.

 

“A In Ovo é uma combinação estratégica excelente para o negócio existente da Evonik”, complementa Emmanuel Auer, responsável pela linha de negócios Animal Nutrition da empresa. “Esse compromisso vai fortalecer de maneira sustentável o nosso motor de crescimento Animal Nutrition na medida em que nos permite ampliar a nossa presença no setor de produção de ovos”.

 

Os produtos e serviços da Evonik da linha de nutrição animal exercem papel crucial na produção mundial de alimentos saudáveis e acessíveis que contribuem para a preservação dos recursos naturais e a redução da pegada ecológica. A empresa é um dos principais fornecedores globais de aminoácidos e seus derivados para uma nutrição animal avançada, e promove a ampliação sistemática de seu leque de produtos no sentido de uma nutrição animal saudável e sustentável.

 

A In Ovo foi fundada em 2013 por Wil Stutterheim, cientista biomédico, e Wouter Bruins, biólogo, que se conheceram na Universidade de Leiden. A tecnologia é baseada em biomarcadores identificados pelos fundadores e que permitem determinar de maneira precisa, logo após a fertilização, o gênero dos embriões avícolas dentro do ovo. Com essa finalidade, abre-se um orifício minúsculo no ovo, que pode ser vedado novamente com facilidade — esse vem sendo o procedimento padrão adotado há muitos anos na inoculação de embriões avícolas in ovo. Em seguida, colhe-se uma amostra que é então examinada por espectrometria de massa em relação ao biomarcador identificado pela In Ovo, técnica já patenteada. A In Ovo planeja empregar o capital investido no desenvolvimento da tecnologia para atingir o estágio de aplicação em escala comercial em incubadoras.

 

“Com a Evonik, nós adquirimos um parceiro com vasto conhecimento em scale-up de processos e na introdução de novas tecnologias”, afirma Wouter Bruins, cofundador e um dos diretores executivos da In Ovo.

 

Ao longo dos próximos meses, os fundadores planejam trabalhar com parceiros alemães e holandeses no desenvolvimento de um protótipo que possa analisar e separar, de modo rápido e confiável, grandes quantidades de ovos. Na escala de laboratório, a In Ovo atualmente necessita de um segundo para analisar um ovo. A taxa deverá ser acelerada para atingir poucos microssegundos por ovo.  A empresa também vai usar tecnologias já disponíveis e comprovadas para classificar e manejar grandes quantidades de ovos. Espera-se que o primeiro produto comercial possa ser lançado no mercado em 2020.

 

Como parte de suas atividades de venture capital, a Evonik planeja investir um total de 100 milhões de euros em start-ups promissoras, detentoras de tecnologias inovadoras, e nos principais fundos especializados de venture capital. O foco aqui se concentra nos motores de crescimento Health & Care, Smart Materials, Animal Nutrition e Specialty Additives da Evonik, e também em digitalização. A Evonik atualmente possui investimentos em mais de vinte start-ups e fundos de venture capital.  Mais informações em http://venturing.evonik.com/