Equipes brasileiras FEI Elétrico (SP) e RS Racing (RS) disputam a Fórmula SAE Lincoln nos EUA

0
622

Competição será de 15 a 18 de junho, no Nebraska (EUA), com a participação equipes do Canadá, Índia, Japão, México e Coréia do Sul, além do Brasil e dos EUA

As equipes Fórmula FEI Elétrico do Centro Universitário da FEI, de São Paulo, e RS Racing, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), que representarão o Brasil na Fórmula SAE Lincoln de 15 a 18 de junho, em Nebraska (EUA), estão prontas para o desafio da competição internacional, que contará com a participação de cerca de 80 equipes de países como Canadá, Índia, Japão, México e Coreia do Sul, além dos EUA.

As equipes brasileiras foram finalistas na 12ª Competição SAE BRASIL-Petrobras de Fórmula SAE (2 a 4 de outubro de 2015 em Piracicaba-SP) respectivamente com o 1º lugar na categoria Elétrica e 2° lugar na categoria Combustão.

Fórmula FEI Elétrico – Pela primeira vez na liderança da categoria na competição nacional, a equipe Formula FEI Elétrico equipou seu carro com telemetria, tecnologia que permite a medição e envio em tempo real de informações de interesse do piloto. O carro foi desenvolvido a partir do uso de softwares para simulações estruturais e dinâmicas, bem como de construção de sua parte eletrônica.

De acordo com Guilherme Luis Paulo, capitão da Fórmula FEI Elétrico, algumas mudanças foram adotadas no carro que vai disputar a prova internacional: “Fizemos adaptações no chassi, aerofólios, cobertura nas baterias das laterais para melhorar a aerodinâmica”, destaca.

RS Racing – O carro que levou a equipe RS Racing ao vice-campeonato da categoria Combustão na competição brasileira foi equipado com motor lateral, que permitiu encurtar o veículo e levar o centro de gravidade para o meio do protótipo. Incorporou ainda componentes projetados de maneira enxuta e com dupla funcionalidade a fim de diminuir o peso.

Para Lincoln a equipe construiu um novo projeto, conta Fernando Stein Brito, capitão da equipe: “Fizemos um carro novo, 20 kg mais leve e com um motor traseiro e mais potente para aumentar a competitividade”. A equipe embarca para os EUA no próximo dia 11 de junho, com 17 componentes.

História – Os carros Fórmula SAE surgiram nos EUA em 1978 e são projetados por equipes de estudantes de graduação e pós-graduação de engenharia sob a orientação de professores, de acordo com regras definidas pela SAE International.

Além do Brasil, que entrou no circuito em 2004, Estados Unidos, Inglaterra, Alemanha, Austrália, Áustria, Espanha, Hungria, Itália e Japão também são países-sede das competições Fórmula SAE Combustão. Na categoria Elétrica fazem parte das competições os EUA, Alemanha, Itália, Inglaterra, Austrália e, desde 2013, o Brasil.