Casas noturnas adotam espuma de melamina para alcançar performance acústica e liberdade de design

0
1255

Absorção acústica em uma boate? À primeira vista pode parecer contraditório, mas o recurso de usar espuma de resina melamínica, muito utilizado em estúdios de gravação, também tem sido aplicado em casas de espetáculos para obter uma acústica mais eficaz. Sua estrutura celular aberta absorve as ondas sonoras quase que inteiramente, evitando a reverberação que distorce o som. A espuma de baixo peso e segura segundo as normas de incêndio (não propaga chamas e não gera fumaça tóxica em situações de fogo), pode ser produzida em diversas cores e formas, o que a torna uma opção de design extremamente flexível.

“A espuma Basotect foi o material escolhido para a difícil tarefa de equilibrar funcionalidade e design”, explica Sebastian Metz, da Ideenreich, escritório de arquitetura encarregado do projeto do nightclub Jeanne d’Arc, inaugurado no final de 2017 em Landau, Alemanha. Os arquitetos aproveitaram a versatilidade da espuma melamínica para alcançar uma experiência especial, não só em termos de acústica, mas também estética, explorando a liberdade de design ao usar formas como cubos, pirâmides e cilindros. O resultado foi a união entre a sonoridade perfeita e um ambiente incrível.

Ao todo, foram distribuídos 1.200 grandes cilindros, ou abafadores, e mais de 100 cubos de Basotect G+ suspensos no teto, sobre uma área de mais de 1.000 m2. Os elementos de design são rodeados por desenhos em formato de pirâmide nas paredes escuras. “O material oferece uma experiência acústica de primeira classe, não deixando que o som seja refletido no teto e nas paredes. Isso, o fato de ser de fácil instalação e ter excelentes propriedades de proteção contra o fogo, foram pontos decisivos para nossa escolha”, acrescenta Metz.

A espuma de resina melamínica também é muito fácil de ser trabalhada. Uma combinação de rigidez e flexibilidade inerentes significa que pode ser facilmente moldada em praticamente qualquer formato, podendo ser cortada, estampada, modelada ou serrada para produzir complexas obras de arte. A Setaplast, uma empresa da Labrecht, produziu todos os elementos para a boate Jeanne d’Arc, que tem capacidade para receber mil convidados por noite.

O vídeo “Bass notes meet sound absorbers” traz detalhes sobre esse projeto: https://www.youtube.com/watch?v=vVBrxbzf00g. Há outras informações no site: www.basotect.de