BYD conquista maior encomenda de ônibus elétricos nas Américas

0
1232

A BYD, gigante global pioneira em soluções de energia limpa, assinou um acordo para entregar 100 ônibus 100% elétricos K9FE para a capital do Chile, Santiago. A colaboração com a distribuidora chilena de energia ENEL prevê a entrega dos e-buses e o início de sua operação no Transantiago, o sistema de transporte público do Chile, no final de novembro.

A ENEL e a BYD introduziram dois ônibus 100% elétricos em Santiago em novembro passado, enquanto o Chile se mobiliza para eletrificar seu sistema de transporte público para melhorar a experiência do passageiro. Os ônibus, que atualmente operam em oito das artérias rodoviárias mais importantes da cidade, ganharam reconhecimento oficial. A frota adicional, que chegará ao Chile no final do ano, também operará nas principais avenidas de Santiago, como Grecia, Vicuña Mackenna e Alameda. Além disso, os veículos serão equipados com a mais recente tecnologia de baterias da BYD, personalizadas para o mercado chileno, respeitando as regulamentações locais de transporte.

Ônibus 100% elétrico BYD operando a linha Metbus 516, cobrindo as principais artérias rodoviárias de Santiago.

A incorporação da frota de ônibus em um sistema de transporte público como o Transantiago faz do Chile um pioneiro na mobilidade urbana eletrificada na região, servindo como um modelo que pode ser implementado em outros mercados. Sua operação bemsucedida também demonstrará um impacto positivo na qualidade de vida dos moradores da cidade.

Ônibus 100% elétricos BYD operam no sistema de transporte público do Chile.

Segundo a porta-voz da BYD Chile, Tamara Berríos, “Operar um ônibus 100% elétrico da BYD é equivalente a reduzir as emissões de carbono de 33 carros. Além disso, os ônibus 100% elétricos da BYD são seguros, silenciosos e podem reduzir os custos operacionais em até 70%. Um ônibus 100% elétrico da BYD exige apenas 70 pesos chilenos para ser executado por quilômetro, em comparação com 350 pesos chilenos por quilômetro para ônibus de motores de combustão interna.”