Adirplast lança campanha a favor da ética e das melhores práticas para o setor

Ação deve alertar consumidor para os malefícios decorrentes de compra irregular

0
1041

A Adirplast (Associação Brasileira dos Distribuidores de Resinas Plásticas e Afins) está lançando nacionalmente a campanha Pró-Distribuição, que clama por mais ética no setor de distribuição de resinas plásticas, incluindo mercado de distribuição de plásticos de engenharia e filmes BOPP e BOPET. “Em tempos tão sombrios para o nosso país, precisamos trabalhar juntos para que a ética esteja dentro de nossos negócios. Isto passa essencialmente pelo combate à sonegação de impostos, que enfraquece o Brasil como um todo”, explicou Láercio Gonçalves, presidente da entidade.

O presidente da entidade reforça o impacto negativo que a sonegação tem, não apenas para o próprio negócio, mas para a sociedade brasileira: “Os valores sonegados poderiam ser investidos em postos de saúde, salas de aulas equipadas e até mesmo em mão de obra especializada para o nosso setor. Vale lembrar que a sonegação total do país em 2017 poderia pagar mais de 500 milhões de salários mínimos, de acordo com números divulgados pelo Sindicado Nacional dos Procuradores da Fazenda”.

Osvaldo Cruz, vice-presidente da entidade, acredita que essa campanha vem em hora oportuna, já que reflete o anseio de todo o país por práticas comerciais mais éticas. “É preciso contribuir com esse momento importante ao qual a sociedade brasileira atravessa e busca elevar qualitativamente seus padrões éticos. Os associados à ADIRPLAST concluiram que temos também a oportunidade e a obrigação de contribuir com essa onda positiva, já que enfrentamos problemas no setor por conta de práticas comerciais que ferem o senso ético e de obrigações, regras e legislações que simplesmente não são seguidas”, explica.

Ainda segundo Osvaldo, “à medida que alguns players não cumprem seus deveres e os clientes aceitam isso como algo normal, as consequências, não apenas para os nossos negócios, são muito nocivas e graves. O reflexo está na falta de orçamento para investir em escolas, segurança pública e saúde”. Wilson Cataldi, diretor da Associação e diretor da Piramidal, acredita que essa é uma campanha extremamente importante para o setor e para a construção de um país melhor: “O Brasil está carente de ética e a ADIRPLAST, como entidade de classe, tem o dever de levar esses valores à sociedade”.

Sobre a campanha Pró-Distribuição

Para ‘falar’ sobre ética nos negócios, a ADIRPLAST contratou a agência INSANE, que desenvolveu a campanha Pró-Distribuição. A divulgação será nacional e tem como alvo os empresários do setor de transformação de plástico no país, além de seus clientes diretos. “Queremos que esses empresários percebam que ao comprarem matéria-prima sem as devidas exigências legais atendidas estão, na verdade, fazendo um péssimo negócio”, explica Laércio.

Atualmente, os distribuidores associados à ADIRPLAST atendem 7.000 dos 11.500 transformadores de plástico do Brasil. “Temos um alcance público significativo, com números expressivos de clientes atendidos em todo território nacional e de pessoas que empregamos, além de outros diversos agentes que fazem parte da cadeia de negócios. Temos ainda um relevante papel na arrecadação de tributos. Enfim, somos um agente importante de influência, ajudando na mudança para esse novo tempo”, salientou Osvaldo.

A campanha, que tem início neste mês, estará presente nas mídias sociais, newsletter, impressos e até notas fiscais, além de ilustrar caminhões e informativos das empresas associadas à ADIRPLAST. Também será encaminhada uma mala direta com material da campanha para 7.000 líderes do setor de transformação.

Para mais informações, acesse www.adirplast.org.br e aproveite para cadastrar seu e-mail e receber informações sobre distribuição de resinas plásticas, filmes BOPP-PET e Plástico de engenharia.