Abrinq estima crescimento acima de 8% com vendas para o Dia das Crianças

A previsão é do presidente da Abrinq - Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos, que calcula em 8% o crescimento da indústria este ano.

0
191
Foto: Synésio Batista da Costa/Crédito: Antonio Milena

O desempenho da indústria de brinquedos registrado nos últimos anos deve se manter, prevê o presidente da Abrinq, Synésio Batista da Costa.  Em 2017, o faturamento total da indústria foi de R$ 6,4 bilhões, sendo que a produção nacional performou R$ 3,8 bilhões. Crescimento de 5% em relação a 2016.

“Data mais importante para a indústria do brinquedo, o Dia das Crianças deve confirmar sua tendência natural de evolução de compras, e as encomendas mostram que que vamos continuar avançando”, constata Synésio. Segundo o presidente da Abrinq, os preços dos brinquedos estão estagnados, e que mais de 60% da oferta está na faixa de R$ 50,00. “A indústria está apostando no aumento do consumo per capita.”

Para este Dia da Criança mais de 1 mil novos brinquedos estão chegando às lojas, contribuindo para a animação do mercado. O mercado nacional do brinquedo deve movimentar este ano perto de R$ 7 bilhões, e as vendas da Semana da Criança podem representar 35% desse total.

Dados da entidade mostram que as vendas de brinquedos com valores acima de R$ 100,00 cresceram sua participação nas vendas, passando de 12,4% para 14,9% do total ano passado. As vendas de brinquedos também registraram crescimento nas faixas de preços até R$ 10,00 (7,5%) e entre R$ 11,00 e R$ 20,00 (10,9%).