A gigante chinesa Jichai Motores desenvolve parceria para aumentar mercado no Brasil

0
313

 

Sun Bao Fu ( a esquerda) e Márcio Buzzani, da Thermo Solutions

A Jichai Motor Diesel, tradicional empresa de fabricação de motores de combustão está de olho em expandir o seu mercado da América Latina,  principalmente no mercado brasileiro onde já atua em parceria com Thermo Solutions. A JDEC é uma subsidiária da gigante do petróleo chinês CNPC (China National Petroleum Corporation), que está estudando a participação no setor de energia do Brasil.  Nos últimos 80 anos, a empresa  conseguiu agregar grande experiência na indústria de motores a diesel, sendo capaz  de oferecer ao mercado todo tipo de motores a diesel a preços competitivos. Seus produtos se enquadram em quatro categorias, incluindo: Motores Diesel e Gerador; Equipamento de perfuração (como o motor a diesel do campo de petróleo e o acoplador do motor); Grupo Gerador a Gás e motores marinhos.

Esses equipamentos são utilizados em muitas áreas, desde equipamentos de construção, petróleo e gás, locomotivas e grupos geradores até aplicações militares e equipamentos agrícolas.  A empresa tem colaborado com muitos fornecedores internacionais de peças,  como Miba da Alemanha, Amot da Inglaterra e Woodward of America. O Petronotícias conversou com o Presidente da Companhia, Sun Bao Fu e com o Diretor Comercial  da Thermo Solutions,  Márcio Buzzani, que formou essa parceria com os chineses:

– Atualmente a CNPC possui um grande investimento no mercado brasileiro. A JICHAI é a única empresa fabricante de equipamentos de energia sob a CNPC, qual é a expectativa da Jichai para o mercado no Brasil?

O  principal negócio da Jichai é R & D e fabricação de motor de combustão interna, compressor, serviço de geração e outros negócios relacionados. Neste momento, na China, a capacidade instalada de produtos a Jichai ocupa o primeiro lugar, cobrindo 65 países e regiões.  Na América Latina, as reservas de equipamentos atingiram mais de 300 unidades.  Dois centros de serviços de pós-venda foram estabelecidos no Peru e no Equador, que são totalmente capazes de cobrir os países vizinhos. Como um dos cinco países do BRICS, o Brasil tem o nível econômico mais alto da América Latina e possui recursos naturais ricos e base industrial completa que tem grande apelo de mercado para a Jichai. No campo das aplicações de energia, estamos nos esforçando para tornar o Brasil o primeiro mercado da Jichai na América Latina.

– Que itens da linha de produção a Jichai vê com potencial no Brasil?

Os produtos diesel, gás e compressor produzidos pela Jichai cobrem a potência de 30 kW a 9000 kW. Os produtos são utilizados em uma ampla gama de aplicações. São utilizados em petróleo, construção naval, mineração e muitos outros que atendem as necessidades do mercado. Combinados com as características de demanda do atual mercado brasileiro, os equipamentos a gás, diesel e compressores têm um grande espaço de desenvolvimento. Além disso, encontraremos um grande avanço no mercado de gás e biogás. No início, a operação de baixo custo é a primeira vantagem. Em segundo lugar, a agricultura e a pecuária no Brasil são relativamente desenvolvidas e a geração de biogás pode ser usada. A geração de biogás tem proteção ambiental, economia de energia e confiabilidade, com um grande potencial de desenvolvimento.

– Agora Jichai e Thermo Solutions têm uma relação de cooperação. Como essa parceria aconteceu e o que a JICHAI espera do parceiro local?

A cooperação entre Jichai e Thermo Solutions começou em 2017, porque a empresa conhece muito bem o mercado brasileiro, e conseguiu estabelecer a marca Jichai no Brasil. Isso está de acordo com nossa estratégia de marketing para desenvolver o mercado, consolidar e estabilizá-lo. Em 2017, sob a premissa de vantagens complementares e abertura, ambas as partes confirmaram a relação de cooperação após muitos intercâmbios. Nossa empresa é muito positiva em relação à força e sinceridade da Thermo Solutions. Somos também muito gratos à empresa pelo apoio e ajuda. Esperamos que, no futuro, trabalhemos juntos para tornar a marca Jichai a mais influente de energia na região.

– Existe algum plano para trazer suas próprias instalações no Brasil?

Atualmente a Jichai não tem planos de construir fábricas de montagem no Brasil. No entanto, com o desenvolvimento do mercado, é possível cooperar com empresas locais com capacidades de montagem

– Como você descreve seus produtos para um novo mercado como o Brasil?

-A Jichai tem 27 padrões nacionais e industriais e 45 patentes nacionais, todas com direitos de propriedade intelectual independentes. Em termos de pesquisa e desenvolvimento de produtos, a Jichai segue o princípio de combinar desenvolvimento independente com cooperação externa e pesquisa básica com campos aplicados. Atualmente, temos desenvolvido vários produtos em conjunto com as empresas internacionais de design de motores de combustão de renome internacional e o desempenho técnico atingiu níveis internacionais de segurança e qualidade. Os equipamentos produzidos por nossa empresa podem ser conectados perfeitamente ao mercado brasileiro e à frente de produtos similares no mundo em termos de estabilidade operacional e custos

– Como você espera desenvolver o pós-venda?-

Desde 2015, a nossa empresa apresenta a estratégia “manufacturing + service” e, ao mesmo tempo, desenvolve o serviço pós-venda no mercado local, melhorando o nível de fabricação do produto. Especialmente, a Thermo Solutions tem muitos anos de experiência no reparo de motores e pode trabalhar com nossa empresa para criar uma solução completa para instalação e comissionamento, treinamento técnico, manutenção de equipamentos, fornecimento de peças de reposição, top-end e overhual etc.

– Em relação aos motores de biogás, seu produto não é transformado. Foi desenvolvido para o biogás. Acha que seria uma vantagem para um país com tantas áreas de agronegócios?

Nossa empresa começou a desenvolver a geração de biogás em 2002. Tem 16 anos de experiência em engenharia e tem muitos casos de sucesso em óleo de palma, aterros, fazendas, açúcar e outros campos, que representam 70% do mercado de geração de energia com biogás da China. Temos uma rica experiência na geração de energia de biogás. A temperatura média anual no Brasil é de 30 ° C, que é adequado para a produção de biogás de alta qualidade. A geração de energia limpa também é um forte desenvolvimento no Brasil.  Já instalamos mais de 3 mil conjuntos de nossos grupos geradores de biogás de 500kW e 1100kW em todo o mundo.

– Qual a participação da Jichai no mercado internacional?

O negócio de exportação da Jichai começou na década de 1970 e seus produtos se espalharam por todo o mundo. Há muitos projetos influentes, entre eles o projeto da usina de 12 MW, conjunto de gás natural da COPOWER na Colômbia, projeto de usina de 5 MW, gás natural na CNPC do Peru e projeto de geração de 10 MW de diesel gen a empresa Los Andes, no Equador; 218 geradores a diesel com faixa de potência de 280-1264KW no campo petrolífero iraquiano, no Oriente Médio; Projeto de geração de energia a diesel de 65MW da Tanzania Dangaote Group, projeto de 90 MW da National Grid da Arábia Saudita; Projeto de geração de energia a diesel de 30MW da empresa CIS ADM Espera, São muitos projetos em todo mundo.

– Qual foi o seu mais recente desafio na América Latina? Estar no Brasil é estratégico para Jichai?

-Atualmente a América Latina é um dos principais mercados de desenvolvimento da nossa empresa. Oportunidades e desafios coexistem. O modelo atual de cooperação financeira é um desafio para nossa empresa. No entanto, depende da força da China National Petroleum Corporation para cooperar plenamente com o financiamento interno e externo para resolver este problema. Evidentemente, o desenvolvimento do mercado brasileiro é uma grande estratégia para o desenvolvimento do mercado de nossa empresa do outro lado do mundo. O mercado de motores de combustão interna no Brasil é muito maduro e os produtos de classe mundial estão em todo o país. Existem vários modelos de negocios que  podem ocupar o mercado com sucesso, promovendo nossos produtos no mercado global em todo o mundo.